Tudobox

Incontinência Urinária - Causas e Tratamento

Obtenha informações importantes sobre este mal.

A incontinência urinária se caracteriza pela perda involuntária de urina, sendo mais comum em pessoas idosas ao mesmo tempo em que afeta mais mulheres do que homens.

Ocorre a incontinência quando há falta de sincronia nos processos de estoque e esvaziamento da urina na bexiga, ou pela perda de suporte da bexiga e uretra no caso das mulheres.

Dissocia-se a incontinência urinária da bexiga interativa, outro mal no sistema urinário, pois neste não há perda de urina, apenas vontade excessiva de urinar.

Dentre as possíveis causas da incontinência urinária, podemos citar a infecção urinária, constipação intestinal importante, uso de determinadas medicações, inflamações da bexiga, doença aguda, mobilidade restrita, desordens psicológicas, retenção urinária e desordens hormonais.

Atualmente, os métodos de tratamento permitem que de 70% a 80% dos portadores obtenham melhora dos sintomas. O tratamento pode ser feito por fisioterapia do assoalho pélvico, medicamentos ou cirurgia.

Um dos novos medicamentos usados no tratamento da modalidade bexiga hiperativa neurogência, é o Botox (Toxina Botulínica Tipo A), que aplicado na bexiga impede que ocorram contrações involuntárias e perda de urina.

O diagnóstico da doença deve ser feito por um médico urologista, que prescreverá, de acordo com o caso, o tratamento mais indicado.


----------
Atenção! Este artigo trata de assuntos relacionados a saúde. As informações aqui contidas possuem caráter preliminar, genérico e educacional, não substituindo de nenhuma forma as orientações de seu médico. Você não deve se determinar apenas pelos dados aqui contidos. Consulte sempre um profissional e siga o tratamento por ele prescrito.








Todos os direitos reservados

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

Editorial | Política de Privacidade | Contato