Tudobox

Desvio de Septo Nasal

A cirurgia de septoplastia pode ser a resposta para seus problemas.

Septo nasal é uma parede que divide as cavidades esquerda e direita do nariz. Ela tem consistência firme, embora seja flexível e contenha diversos vasos sanguíneos.

O septo desviado e aquele, em razão de seu formato anormal, causa problemas na respiração. Isso ocorre porque o septo está bastante fora do centro, enquanto deveria se localizar na linha média, deixando os lados do nariz de igual tamanho.

Algumas pessoas nascem com o septo desviado em razão dele ter se desenvolvido daquela forma. Outros são desvios causados por lesões durante o parto. Posteriormente pode ocorrer desvio de septo em função de traumas por acidentes, que colocam o septo fora de sua posição.

O desvio de septo pode causar dificuldade para respirar pelos dois lados do nariz ou de um só, ocasionando sinusites, respiração bucal, cansaço, dificuldade para dormir bem, roncos e babação noturna.

O tratamento indicado pode ser a cirurgia do septo nasal, chamada de septoplastia. Nela, o cirurgião reposicionará o septo e poderá também corrigir a aparência externa do nariz, em um procedimento chamado rinoplastia. A realização dos dois procedimentos ao mesmo é chamada de septorrinoplastia.

A septoplastia será realizada em um hospital, por um otorrinolaringologista, com uso de anestesia geral, e levará cerca de 1 hora. A anestesia local não costuma ser indicada em razão do incômodo e do risco de sangramento.

Geralmente não há dor no pós-operatório e nenhuma cicatriz externa. Os pontos internos serão absorvidos sendo desnecessária sua remoção. A alta hospitalar deve ocorrer no mesmo dia ou no dia seguinte.

Os cuidados pós-operatórios incluem uma medicação antibiótica para evitar infecção e a higiene do nariz por dentro, de modo que não se formem crostas.

----------
Atenção! Este artigo trata de assuntos relacionados a saúde. As informações aqui contidas possuem caráter preliminar, genérico e educacional, não substituindo de nenhuma forma as orientações de seu médico. Você não deve se determinar pelos dados aqui contidos. Consulte sempre um profissional e siga o tratamento por ele prescrito.








Todos os direitos reservados

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

Editorial | Política de Privacidade | Contato